quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

O Problema com a Perfeição

Texto de Maddie Wheadon
Tradução por Karyny Belo

Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.'
                                                                                                            (Mateus 5:48)


Como discipulos de Cristo é importante para nos buscarmos ser o melhor que podemos ser - mas às vezes, eu acho que vamos acima e além,e no processo eu acho que acabamos perdendo Cristo. Nos focamos muito na definição da palavra perfeito, e isso não apenas nos machuca, mas, também, machuca aqueles ao nosso redor.

Como é que a perfeição se parece? É ter uma pele perfeitamente bronzeada? É ter longos e volumosos cílios? É ter um Instagram esteticamente perfeito ?A maior,mais cara casa no quarteirao ? É ter o carro mais rápido ? É ter a família sempre feliz? É ter um testemunho com zero incertezas e dúvidas?

Nos estamos vivendo numa ilusão de perfeição que nos criamos para nos mesmos.

Mesmos assim, se você tem o corpo perfeito ou a vida que parece ser perfeita, há muita perfeição por ai a fora para buscar. Nós comparamos. Nós invejamos. Se nós estamos fazendo o nosso melhor, o nosso melhor não é o suficiente para nos, porque nós vemos que os outros tem algo ainda melhor - mas mal sabemos que os outros olham para nós e sentem-se da mesma forma. Nosso desejo por nossa própria perfeição pode ser na verdade desanimador e prejudicial para as pessoas ao nosso redor.

Frequentemente nós delizamos nossos problemas para de baixo do tapete numa tentativa de criar uma imagem perfeita de nós mesmos. Nós queremos fazer as pessoas acreditarem que nós temos tudo arrumado. Nós temos medo de sermos reais e honestos porque nós não queremos ''perturbar'' ninguém com nossos problemas. Nós pensamos que não queremos perturbar os outros com as inquietações do nosso coração. A verdade é que, se o Pai Celestial tivesse nos criado para ficarmos sozinhos na vida, nós estariamos sozinhos na vida. Cada relacionamento que temos é um presente de Deus para nos ajudar no nosso caminho da vida.Se nós não podemos nos abrir e ser honesto quando estamos tendo um momento difícil, nós iremos nos sentir sozinhos...e nós não estaremos tendo vantagens sobre todos os presentes que o Senhor nos deu.

Nós podemos sentir que Deus nos abandonou. Nós podemos sentir que Ele parou de ouvir nossas orações. A verdade é que, Deus responde muitas das nossas orações através de outras pessoas, e a menos que você seja muito sortudo, essas pessoas não podem vir ao seu resgate se elas não souberem que você está se afogando.

A beleza da vulnerabilidade é que ela abençoa nossa vida, e abençoa a vida dos outros.

É algo respeitável quando alguém que aparenta ter ''tudo sobre controle'' se humilha o suficiente para dizer que está tendo dificuldades ou que passou por dificuldades no passado. Isso nos ajuda a perceber que não estamos sós. Quando os outros são vulneráveis conosco, nós ganhamos uma maior perspectiva e força para prosseguirmos em nossas próprias circunstâncias.

Ser vulnerável não significa que você tem que chorar. Não signifia que você tem que publicar tudo para o mundo ver. Não significa que você tem que se lamentar ou sentir pena de você mesmo. Ser vulnerável é simplismente ter a abilidade de dizer: ''Eu estou passando por algo e eu preciso da sua ajuda'', ou '' Eu passei por algo e foi assim que isso impactou minha vida''.

Compartilhar nossas histórias pode nós fornecer a capacidade de superar e curar nossas dificuldades, e pode inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo.

Nas nossas vidas mortais, nós nunca alcançaremos a perfeição. Para mim isso é uma das mais belas coisas na vida. Nós vivemos, nós cometemos erros, nós tentamos novamente -  ás vezes nós acertamos, ás vezes não. Tudo o que o Senhor pede de n[os é que continuemos progredindo e ajudando Seus filhos  no decorrer da jornada.

Fonte : Millenial Mormons


Dizendo Adeus ao Ano Velho

Nunca fui de fazer retrospectivas, nem fazer um levantamento de prós e contras no fim de cada ano (sempre achei isso um pouco chato, na verdade). Mas, este ano -não expecificamente este ano- mas este momento, decidi fazer um post de despedida do ano de 2016.

Percebi que a melhor forma de relembrar os acontecidos ( que diga-se de passagem não dá pra lembra de tudo) é através de uma avaliação das fotos. É sério! Eu fui olhar aqui as fotos de 2016, e cada uma me fazia lembrar de um momento específico, que sem ela -a foto- eu não recordaria.

Ta aí um bom motivo para se tirar sempre muitas fotos de cada momento vivido. Nos não apenas o vivemos, mas o eternizamo- nos.

Pois bem, 2016 foi um ano pra lá de complicado. Como diria o filosofo Andrezinho, uma das minhas amadas crianças da primária : ' A vida é uma roda gigante, um dia você está em cima, outro dia você está em baixo.' Simples, porém bem lógico.

2016 foi um ano de despedidas.

 

2016 foi um ano de Aprendizagem.






2016 foi um ano de Saudades.



2016 foi um ano da Zueira.
video


video


2016 foi um ano de Auto Conhecimento.



2016 foi um ano de Amar.





2016 também foi em parte meu.

Foi em parte meu porque também foi seu. Eu deixei uma parte minha nele, você deixou uma parte sua. E assim ele foi construído: de partes se preenchendo e completando esse quebra-cabeça que é a vida. Porque ninguém precisa andar só, mas cada um precisa experenciar e viver  as essencências que só a individualidade pode promover.

Vem 2017, mas vem com calma ,vem sem pressa e sem muitas esperas.



terça-feira, 12 de julho de 2016

Lista do ''Futuro Marido'' , o que eu queria ter colocado nela quando eu ainda era das Moças



Texto de Aleah Ingram

Como qualquer moça sentada na aula dominical, eu senti um pouco de tontura quando foi nos pedido que pensassemos nas qualidades que queriamos no nosso futuro marido. Você provavelmente lembra da lista. Nos rimos e planejamos e nos comprometemos a namorar dentro dos nossos padrões e a encontrar um esposo que nos ajudasse a chegar até Deus. Eu estava um pouco alheia aquilo de muitas formas. Por anos eu mantive aquela lista. Ela passou por algumas revisões durante os anos, mas a maioria permaneceu o mesmo.

Contudo, com o passar dos anos, percebi quão superfula aquela lista era. Ao longo do tempo, percebi que ela ficava cada vez menor. Ao olhar para trás não penso que aquela lista era ruim ou mal direcionada. Eu apenas sei mais agora; ao continuar na minha busca do companheiro eterno, sou grata pelas lições que eu aprendi e pelos aperfeiçoamentos que eu fiz na lista com a ajuda do Espírito e das minhas experiências. 

Então se você é uma mulher na mesma posição que eu, se perguntando o que realmente importa no final, ou se você é um homem esperando para dar uma espiadinha na mente das garotas mórmons, istó aqui é pra você.

Ele será comprometido ao evangelho como eu sou

Na igreja, nos às vezes usamos qualificações vagas para fidelidade. Por exemplo, é fácil escrever ''missionário retornado'', ou  ''portador de uma recomendação para o Templo'', quando  se pensa num futuro esposo. Contudo, há missionários retornados que não vivem os padrões do evangelho e portadores de uma recomendação do Templo que nem se quer arrumam um tempo para frequenta- ló.

Não importa o passado dele, um homem fiel está atualmente comprometido a viver o evangelho com fervor. Ele reconhece que o caminho pra felicidade eterna é longo e está preparado para caminhar com fé, apesar das fraquezas e provações. A nossa fé compartilhada será medida pela mudança nos nossos corações, não pela constante mudança de fatores externos.

Ele será sem Dolo

Pres. Dieter F. Utchdorf  uma vez disse que '' ele é muito  mais impressionado com aquelas almas abençoadas e maravilhosas  que são verdadeiramente boas e sem dolo.''

Dolo é definido como tendo uma inteligência astuciosa ou ser dissimulado. Nas escrituras, é com frequência utilizado para descrever alguém que não é autêntico e busca ganhos através da duplicidade. Um homem sem dolo não tem segundas intenções. Ele não sente a necessidade de colocar os outros para baixo ou de mudar sua personalidade ao redor de grupos de pessoas diferentes. Ele não procura manipular os outros ou tenta ser algo que ele não é para ganhar atenção. Ele expressa amor com interesse puro e simples.

Ele será vagaroso ao se irritar 

Na sociedade em geral, muitas vezes encontramos exemplos romantizados de extrema masculinidade, o que promove comportamentos de agressividade e dominação. A principio, um pouco de proteção pode ser apreciada. Por um outro lado da escala,contudo, há estatisticas assustadoras.

Supreendentemente, uma em cada três mulheres vai sofrer violência domestica em sua vida.Violência doméstica é também a principal causa de lesões em mulheres entre 15 e 44 anos nos Estados Unidos. Para todos os homens, a ideia de sua mulher ou filhos serem abusados deveria faze-lo sentir se doentes.

O Senhor não nós disse para sermos mais despresível, mais difíceis ou, fortes. Ele nos disse para sermos mansos como uma criancinha. Um marido reto não se enraivece ou se ofende com facilidade. Ele se esforça para transmitir quando ele está chateado de uma forma que possa ter uma conversa eficaz. Enquanto os problemas precisarão serem trabalhados, discórdia será evitada.

Ele irá promover segurança emocional

Evitar discordias é apenas uma parte do quebra-cabeça. Segurança emocional é fundamental para a construção de segurança e vunerabilidade num relacionamento. Você deve se sentir completamente segura ao compartilhar seus pensamentos, sonhos, sentimentos, e medos com seu companheiro sem encarar represália ou julgamentos. Você não vai ficar com medo  que ele te abandone se você compartilhar algo que sente vergonha ou que é ''difícil''.

Ele vai te respeitar e te tratar com dignidade.Ele não vai falar grosseiramente de você com os outros e vai evitar te insultar na frente dos outros, mesmo que seja de brincadeira.

Ele será interessado

Muitas pessoas acham que para ser compatível, vocês precisam compartilhar de interesses similares. Procurar atividades que sejam compatíveis pode ser algo que fortalece o relacionamento, mas é mais importante está interessado.

Está interessado não significa que ele vai amar tudo que você ama, ou vai gostar tudo que você gosta. Significa que ele vai estar aberto a novas experiências. Ele vai estar disposto a aprender mais sobre o que é importante para você. Mais do que tudo, ele simplismente vai estar interessado porque ele está interessado em você. Você não terá que competir pela atenção dele quando estiverem juntos ou ter que brigar pra ele passar tempo com você.

Ele não será uma batalha que você terá que lutar para tê-lo

Talvez seja uma mistura dos nossos fortes desejos e estudos recentes mostram que mórmons estão numa crise moderna de namoro, mas muitas moças SUD sentem que elas têm que lutar com mais 5 outras garotas para ter o rapaz que elas estão interessadas.

Claro, é importante mostrar seus interesses e construir relacionamentos com outros. Temos que dar nosso melhor passo e fazer um esforço. Contudo, se eu sentir que tenho uma longa batalha eminente para ter seu coração, isso me diz que você não tá tão interessado assim. Isso é especialmente verdadeiro seu eu começo a questionar meus padrões, minha aparência, minha auto-estima.

Você irá querer me conhecer. Você será confiante em me deixar saber disso. Você não vai ficar me enrolando e vai deixar suas intenções clara. Nos ficaremos animados para compartilhar nossos interesses e explorar um relacionamento mais profundo e completo.

Traduzido por Karyny Belo
Texto Original Aqui




segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Aprendendo ao Servir na Primária



Há algumas semanas atrás meu bispo chamou me para conversar. E se você é membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, você deve, assim como eu, se perguntar o porquê do bispo esta querendo falar com você do nada!

Assim que entrei na sala já fui logo falando que eu não tinha feito nada,a não ser que eu tenha feito e eu não tava sabendo que fiz e alguém foi contar pra ele que tinha sido eu, entende? 

Mas pro meu alívio a conversa era menos tensa e mais simples que pensei. Na verdade eu estava sendo chamada para receber mais um chamado. Eu tava gostando tanto de ensinar aos jovens na escola dominical que nem imaginei que havia algum outro chamado fora o de professor! Mas na verdade há vida fora da minha sala. Na verdade, eu fiquei bem feliz com meu novo chamado,porém preocupada porque diferente do jovens, que eu trabalhei minha vida toda desde que me batizei, eu nunca tive contato com a Organização da Primária, tipo ,nehuma.

Sim, eu fui chamada para ser Presidente da Primária. Não, não era o termo presidente que me assustava, afinal fui presidente das moças antes de viajar, mas o fato de trabalhar com as CRIANÇAS, me deixou tensa.

Não me entenda mal,EU AMO AS CRIANÇAS. E sempre pensei como seria trabalhar com elas,estar com elas,aprender com elas. Mas nunca tinha tido a oportunidade de servi-lás. Isso me amedontrava. Sabe como é cego em tirotei? Não sabe pra onde correr? bem, essa sou eu na primária. 

Engraçado não saber por onde começar! Como se dar aulas para elas,como são os recursos que preciso utlizar,qual a forma que tenho que falar,quais as melhores formas para cativa-lás. Tudo isso passou na minha cabeça. Mas, depois de pedir ajuda a algumas pessoas comecei a ficar um pouco mais aliviada.

Ninguém melhor,porém, que o Senhor para me acalmar nesta nova etapa. Talvez realmente eu fosse uma "cega no meio do tiroteio", mas jamais perdida. Como membros da Igreja sempre teremos os melhores auxílios para ensinar, e o Espirito Santo é sem sombra de dúvidas a melhor ferramenta do Senhor para nos ajudar.

Hoje me peguei sorrindo ao lembrar do meu primeiro domingo sozinha com as crianças. Como as crianças são maravilhosas,inteligentes, amorosas e puras. Tinha ouvido certa vez as irmãs da ala comentarem sobre a oração de uma criança em específico da nossa ala. Elas tinham dito que a oração desta criança era tão bela que todos tinham o desejo de abrir os olhos para ver se o Pai Celestial estava ali conversando com aquela crianca pessoalmete. Essa criança fez a última oração na classe dos valorosos nesse meu primeiro domingo como presidente, e o meu desejo não foi diferente do mencionado por aquelas irmãs. Que palavras doces estavam sendo proferidas por alguém tão pequeno. Que sutileza e intimidade ele tinha ao orar, uma conversa realmente de filho para Seu Pai.

Surpreende me mais ainda a prepotência que nos adultos temos ao pensar que por termos mais anos de vida,sabemos tanto mais. Em apenas um domingo, percebi o quanto tenho que aprender com crianças de 6 anos sobre meu relacionento com o Pai Celestial. Que privilégio é poder servir à estes seres tão especias e de bônus ainda aprender gratuitamente.



quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Alvos da Pornografia,Até Quando?

Texto por Karyny Belo

Escolhi essa foto porque acho que ela representa bem o que sinto ao pensar neste assunto, a pornografia e a pornofonia. Sim, é uma mistura de angústia, tristeza ,decepção e incômodo. Bom, antes de você começar a ler isto,deixa eu te lembrar que eu estou apenas  trazendo um questionamento para reflexão da nossa tão "moderna" sociedade.

Tem um pouco haver com o que tenho presenciado ultimamente. Porque tem me incomodado BASTANTE o fato de eu muitas vezes não poder escolher não ser incomodada com essas imagens e sons inapropriados. Como assim não posso escolher? Essa deve ser sua pergunta, neh? Mas bem deixa eu te explicar.

Há na sociedade hoje em dia uma busca incansável pela democracia na liberdade de expressão. Bom,sou totalmente a favor dela, mas qual é o preço que temos que pagar por essas regalias? Será que não teremos que suportar os bombardeios de imagens diárias de mulheres e homens semi nus,ou nus mesmo, ou de cenas de sexo explícito em seriados,novelas , tudo isso com uma desculpa de expressão de arte ou liberdade ideológica? 

Será que toda vez que eu for a uma banca de revista ou abrir um jornal terei que me depara com tais imagens, todas rotuladas com títulos de "o que é bonito é pra se mostrar"? . Bem, se você pensa assim não digo que está errado (a),mas posso saber de uma coisa? E eu? Onde eu fico nesta história? Onde entra o meu direito de querer viver de um modo onde o nosso corpo físico é considerado algo sagrado ,e de não querer ver imagens sensuais espalhadas em cada Outdoor da cidade, ou em cada propraganda de roupas?

Bem se alguém tem o direito de expor isso, eu também poderia ter o direito de não querer ver, ou não? A vida é uma via de mão única?

Eu nunca fui fã de televisão,raríssimas vezes alguém me viria sentada na frente de uma Tv. Mas depois que meu pai decidiu colocar os canais fechados na televisão aqui de casa, eu meio que comecei a assistir mais filmes pela televisão. Mas, deixa eu te dizer que tenho me arrependido.

Sinceramente, como é que você classifica um filme com faixa etária de 14 ANOS e sai expondo todas as partes íntimas de alguém em fração de minutos? Como é que se escreve letras de música com refrões do tipo : "Buuuuunda, vai tremendo vai,vai tremendo" e ainda assim se considerar um ser "evoluido"? Como posso querer ler os tão famosos bestseller se são preenchidos com  páginas com incentivo ao sexo ilícito?

Não conseguiria nem contar às vezes em que li o título de um filme no guia da Tv e pensei "nossa deve ser bacana esse filme", mas depois de meia hora de filme eu tive que mudar de canal porque todo o roteiro do filme se molda a partir de erotização dos personagens. Ou melhor ainda, quando eu tô andando na rua e tenho que "fingir" que não tô ouvindo aqueles 'paredões de caixas de som' com letras de músicas que são trilha sonora de um filme pornô ?! Porque eu sou a "crente" e os incomodados que se mudem. (Opa! tem alguma coisa errada aqui.)

Deve ser meio estranho ler tudo isso vindo das mãos de uma garota neh? Mas a verdade é que eu me preocupo não só com meu bem estar espiritural,mas me pergunto como irei educar meus futuros filhos numa sociedade que me obriga a me tornar um mulher das cavernas? Sem poder assistir televisão nem ouvir música?

E pra finalizar eu me pego dentro da sala de aula de uma turma do curso de Enfermagem em que em uma das apresentações uma das alunas me vem com a afirmação que 'a masturbação faz parte do bom desenvolvimento da criança do sexo masculino ". Oi??  Então temos que ouvir essas falsas verdades e sair da sala de aula acreditando que isso é verdade ,afinal veio do âmbito acadêmico? Meu post não vai trazer aqui uma bateria de referências que mostram e provam quão nocivo é a pornografia, mas posso te direcionar para sites confiáveis que trazem bem as explicações sobre isto:


Pra muitos este pode ser considerado um post careta,conservador e antiquado. Mas  na verdade eu quero poder me proteger e proteger aqueles que amo contra as artimanhas de um ser perverso que usa todas as técnicas possíveis para destruir a maior criação de Deus, o próprio ser humano. Os efeitos da pornografia são mentais,espirituais e comportamentais por isso que quanto mais distante eu puder ficar deste mal,eu irei ficar.

Para fins de maior estudo sobre o assunto indico este ótimo discurso do Elder Dallin H. Oaks "Pornografia".




quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Quanto vale um Talento?

O que você faz quando tem um talento nato?? Tipo esses talentos que faz todos (tipo eu) morrer de amores, admiração e quem sabe uma invejinha?

Pois bem, VOCÊ NÃO PODE GUARDAR LÓ.

Quero lhes apresentar a este meu amigo, o Douglas Magalhães. Ele é membro da igreja ( A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias),nunca fez nenhum curso  e esbanja talento. Gente, eu admiro o trabalho dele desde quando eu o conheci, e sempre torci para que esse talento que ele tem ficasse conhecido no  mundo todo. O Douglas desenha e, na minha opinião, os desenhos dele são espetaculares. 

Este é seu mais recente desenho.

Eu pedi licença à ele, porque queria muito divulgar o trabalho dele aqui no meu Blog. Gente eu também desenho sabe, mas toda vez que eu olho para os desenhos do Douglas os meus desenhos parecem pinturas rupestres...(é sério)

 Mas se você ficou interessado nos desenhos dele não perde tempo não, entra em contato com ele!
O email dele é : Douglas_edbr@hotmail.com
Telefone : 82 98164-6868
 Ele faz vários tipos de desenhos, quem sabe ele não faz o seu também?! Confere só!







Eu amo todos esses desenhos!!!





Todos os desenhos dele são feito a lápis e no papel A4, dá pra acreditar?

O contato do Douglas:
O email dele é : Douglas_edbr@hotmail.com
Telefone : 82 98164-6868




quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Meus amigos não são membros da Igreja, e Agora?

Texto por Karyny Belo

Eu amo estar entre os membros da igreja, e é uma verdade que quando estamos com alguém que entende nossas princípios é mais fácil mesmo expressa-los e vive-los. Mas, nem sempre nossas afinidades são compartilhadas com nossos amigos da igreja e temos outros grupos de afinidade.

Grupo da faculdade, da época da escola, do cursinho, de infância, grupo é o que não falta. 

Eu tenho muitos amigos na igreja, amigos casados, amigos solteiros, jovens que liderava que viraram amigos,líderes que viraram amigos. Mas às vezes eles têm os compromissos deles e eu tenho que arrumar outra pessoa pra sair. E veja bem, nada melhor de que um membro da igreja no meio daqueles que não são neh? Pois muitos não conhecem a verdade por não saberem onde acha-lás, e quem melhor que nos para mostra-lós isso?

Não é sempre que vamos ser bem sucedidos ao convidar ou compartilhar  o evangelho com nossos amigos não membros (acredite, eu já tive várias tentativas frustadas,haha). Mas isso, também, não impede que sejamos amigos deles.

Mas há momentos em que seremos bem sucedidos sim! Eu já passei por essa experiência  e acompanhei o processo de apresentar o evangelho a um amigo não membro e de ela passar por todo o processo até ser batizada. O sentimento é MARAVILHOSO.

Eu fui batizada em 2007 e sempre estava acompanhada do meu grupo de amigas da escola. Assim que eu conheci o evangelho eu fiquei muito interessada. Mas não queria me batizar no começo, mas depois de ser ensinada por 6 meses, eu tomei a melhor decisão da minha vida. Mas eu tive que mudar muitos hábitos que tinha antes. Eu lembro bem que minhas amigas saíam bastante aos domingos, iam pra casa com Piscina de uma delas e eu comecei a me sentir incomodada com aquilo, porque eu agora tinha que viver da melhor forma o Dia do Senhor.

Eu ouvi também alguns comentários que me deixaram tristes,assim como elas também disseram ouvir comentários vindos de mim, por causa das nossas diferenças. E por eu não conseguir manejar bem a situação eu descidir me afastar delas. 

Nos tivemos um Hiato de amizade de uns 6 anos, eu acho. 

Então, depois desse tempo e com um testemunho bem mais forte e mais madura eu descidi procura-lás. Sim,liguei e disse que queria vê-las, afinal eu tinha acabado de voltar do EUA e queria ver todas as pessoas que não via por um bom tempo. Hoje,5 meses depois do meu retorno ao Brasil,estou de volta ao grupo das minhas amigas da escola. Mas o que eu quero te dizer é como podemos manter nossa amizade viva e harmônica com amigos não membros sendo um firme membro da igreja.

1. Bom, está bem claro entre elas o que eu vivo e deixo de viver. Como por exemplo o Dia do Senhor,elas sabem MUITO bem, e deixei bem claro, que não gasto nem vou a atividades recreativas aos domingos. Há um respeito mútuo.

2. O que gosto mais nelas é o respeito que elas têm por minha escolha de viver a Lei da Castidade. Elas sabem que não participo de conversas inapropriadas, que não vejo nem ouço pornografia, e que as relações sexuais são para após o casamento. Então,elas têm um cuidado muito fofo e não me inserem em nada que vá me constranger. :)

3. Há respeito. Independente de eu ser membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos Dos Ultimos Dias , e a maioria delas não ter nenhuma religião definida, há muito respeito com nossas diversas crenças. Não é a falta de conversa sobre (porque a conversa sobre é essencial),mas sim quando houver uma conversa sobre os meus padrões ou os delas, há maturidade suficiente para entender que somos diferentes.

Acho que ter amigos é essencial na vida e que manter amizades que nos edificam também,sejam eles membros ou não. É necessário que eles saibam o que nos acreditamos e o que nos vivemos, se eles forem seus amigos de verdade, eles vão respeitar e te aceitar como você é.

"Os amigos que vocês escolhem os ajudam a progredir ou obstruem seu sucesso."  (Presidente Thomas S. Monson )